Por: Caranda Data: 12 setembro, 2016 Em: Eventos Comentários: 0

Compartilhe com seus amigos!

img_0152

 

Nos dias 19 e 20 de agosto, aconteceu em Cuiabá/MT o 7º Encontro Estadual do Setor Automotivo. Promovido pelo Sebrae, o evento é o maior do setor e discutiu novas tecnologias, tendências e novos caminhos para os empresários.

 

Na palestra “Tendências do setor automotivo no Brasil”, Cassio Hervé fez uma análise do mercado e mostrou novas oportunidades. Informou que no Brasil existem 76.400 oficinais independentes e MT tem 2% da frota nacional de veículos. Com a queda das vendas de veículos novos e com os proprietários fugindo das revendas autorizadas, o movimento nas oficinas independentes aumentou em mais de 20%. O fato do cliente não trocar de carro e manter a manutenção em seu veículo usado dará ao setor de reparação mais 5 anos de crescimento. As oficinais independentes deverão prestar muita atenção nos motivos que levam os proprietários a fugir das autorizadas, que são: 43% preço, 36% confiança, 33% serviços mal executados. Deverão simplesmente dar foco nestas expectativas para fidelizá-los. Já anota a dica!

Salvador Parisi, em sua palestra “Gestão técnica automotiva”, chamou atenção para a Empresa Legal, com o foco na legalização e profissionalização das oficinas. Também respondeu a questionamento sobre scaner’s. Foi uma ótima conversa sobre as novidades.

Pedro Luis Scopino deu um show falando da Rede CAN e sua massiva utilização nos veículos novos. Esta rede tem como objetivo fazer os componentes do veículo conversarem entre si e com um programa isso gerará muitas novidades e conforto ao proprietário. Um dos ganhos é a substituição de fusíveis, reles e cabos, deixando o veículo mais leve e mais barato. Alertou que também a revenda autorizada (fábrica) está de olho no cliente e com a telemetria integrada avisara o proprietário de qualquer alerta chamando o mesmo a levar o veículo para suas autorizadas, diminuindo o fluxo de veículos nas independentes. Ele também destacou a importância decontratar pessoas com necessidades especiais e que mecânico mulher também gera resultados fantásticos.

Luciano Sargling Viana enfatizou que a gestão é o caminho para a sobrevivência do setor de reparação. Por isso, deve ser única para cada empresa, flexível para mudanças e com comprometimento do empresário. Atenção nos detalhes é fundamental.

Na trilha de empresas socioambientais, foram apresentado dois projetos de Mato Grosso que estão com selo OFICINA VERDE. O empresário de Rondonópolis, Ronaldo Bruschi da Romavil, apresentou seu projeto sócioambiental com ações no consumo de agua, luz, separação de agua e óleo, descarte de sucatas, campanhas do bem com roupas, alimentos, brinquedos e vacinação da equipe, além de aproveitamento do lixo reciclável. Afirmou que a mudança em todos os envolvimentos esta mostrando que o projeto é viável e gera satisfação.
Em Cuiabá, o empresário Marivaldo Bezerra, da Multipoint, falou do seu projeto e que a disposição e vontade é que faz a diferença. Ele destaca que o ambiente ficou melhor e mais organizado. Alertou que ao montar um negócio no setor os empresários devem buscar informações para deixar a estrutura adequada.
Nesta mesma linha Scopino informou que contratar pessoas com necessidades especiais, mecânico mulher também gera resultados fantásticos.
Crescemos muito com o 7º Encontro Estadual do Setor Automotivo. Até o próximo evento.

Agradecimentos: Sebrae e Sinderepa/MT.

Compartilhe com seus amigos!

Trackback URL: https://moveresoftware.com/eventos/movere-participa-do-7o-encontro-estadual-do-setor-automotivo/trackback/